SíndicoNet: o que é e como utilizar

27 de julho de 2018
SíndicoNet - O que o síndico pode fazer?

Você já ouviu falar do SíndicoNet?

Se já fuçou a internet atrás de respostas e serviços para a vida em condomínio, apostamos que sim. Estamos longe de ter uma bola de cristal, mas o fato é que a plataforma SíndicoNet é referência na construção de cursos e recursos para síndicos, inquilinos, condôminos e administradores de todo o Brasil.

Aqui, vamos explicar o que é e como funciona o SíndicoNet, e trazer as palavras do fundador da plataforma, Julio Paim, sobre os serviços disponibilizados.

Confira!

O propósito do SíndicoNet

SíndicoNet - O que o síndico pode fazer?

A plataforma SíndicoNet está online desde 1996, e seu propósito é disponibilizar material de qualidade sobre a vida em condomínio. De fato, o site tem em torno de 300 mil associados e milhares de páginas de conteúdo direcionado aos desafios jurídicos, administrativos, materiais e emocionais da vida condominial.

Os recursos oferecidos pela plataforma

Ao longo do tempo, o portal foi construindo um conhecimento precioso e aprofundado sobre todas as facetas do funcionamento condominial. E advinha? É esse conhecimento que ela compartilha gratuitamente com seus leitores e usuários.

A base de recursos oferecida para o síndico (seja ele morador ou síndico profissional), a administradora de condomínio, o condômino e o inquilino é imensa, e segmentada nos mais variados formatos e assuntos. Há, inclusive, sete temporadas do SíndicoNet TV, em que são abordados temas variados e polêmicos, como a circulação de animais de estimação nas áreas comuns do edifício.

Como mencionamos antes, a maioria desses materiais é gratuita. Apenas alguns serviços são pagos, como os cursos, certificados e consultorias.

A estrutura da plataforma

SíndicoNet - Cursos de Capacitação

A plataforma está dividida nas seguintes seções:

Informe-se
Downloads
Tira dúvidas
Cursos online
Eventos
Fornecedores
Serviços

No Informe-se, você encontra todo tipo de orientação sobre a administração de um condomínio e sobre a legislação pertinente. Além disso, há artigos sobre a responsabilidade civil e criminal do síndico e sobre a manutenção de edificações residenciais e comerciais.

Há ainda uma extensa seção de colunistas. Nela, síndicos profissionais, advogados, especialistas em gestão ambiental, especialistas em segurança e escritores dão seu parecer sobre questões espinhosas, que costumam gerar dúvidas mesmo em quem já está acostumado à complexidade da gestão condominial.

Já na aba Downloads, você pode acessar diversos materiais, como modelos para chamadas de assembleias, checklists, contratos de vaga de garagem, avisos diversos, notificações, cadastros e planilhas.

Na aba Tira Dúvidas, os usuários e leitores expõem os problemas que enfrentam no cotidiano e as dúvidas, sobretudo jurídicas, que emergem deles.

Por fim, na aba Fornecedores, você encontra uma lista com fornecedores de serviços indispensáveis a um condomínio, como profissionais de manutenção e empresas de assessoria.

E quanto aos cursos? Para que servem?

Bem, os cursos são capacitações em diferentes áreas. A modalidade é EAD, o que significa que o interessado pode assistir às aulas a qualquer momento, de qualquer lugar e obter uma certificação com o selo do SíndicoNet.

Antes de falar mais, vamos passar a palavra a quem realmente tem autoridade no assunto. Julio Paim, o fundador do SíndicoNet fala sobre os cursos oferecidos pela plataforma.

Acompanhe!

Entrevista com Julio Paim

SíndicoNet - Entrevista com Julio Paim

Winker: Como surgiu o SíndicoNet?

Julio: O SíndicoNet surgiu como um trabalho de faculdade, em meados de 1996.
Eu cursava Administração com ênfase em Marketing na ESPM e surgiu a possibilidade de criarmos um serviço novo para o segmento condominial. A internet estava começando no Brasil. Comecei, então, a pesquisar o mercado e desenhar o que poderia ser esse novo serviço via internet para compor o trabalho que eu deveria entregar. A partir daí, ficou claro pra mim o quanto eu poderia agregar de valor a esse mercado e público-alvo tão específicos, através do que viria a ser o SíndicoNet.

Winker: Quais são os cursos oferecidos pela plataforma e como eles podem ajudar síndicos e administradores em seu cotidiano?

Julio: Atualmente oferecemos quatro cursos, mas muitos outros estão a caminho.

Os cursos atuais são:
Formação de síndico profissional, com mais de 15 horas de carga-horária. É um curso bem completo, com muito material complementar, exercícios e testes. Ideal tanto para síndicos iniciantes como para síndicos experientes, pois abrange inúmeras questões que mesmo síndicos experientes ainda desconhecem.

Já no Plano Diretor, a carga horária é de quatro horas e é mais focado para o síndico que pretende aplicar uma metodologia e conceitos de gestão planejada. Ele ajuda o síndico a traçar um planejamento de curto, médio e longo prazo para a gestão de qualquer condomínio, de pequeno a grande porte.

O curso de Taxas e Despesas (com carga horária de três horas) é voltado para um síndico iniciante, mas muito antenado em fazer uma gestão financeira segura e sem erros ou riscos para o condomínio.

E, por fim, nosso curso Captação e Retenção de clientes (carga horária de quatro horas) é super direcionado para síndicos profissionais. Nele, o síndico aprende técnicas de venda e marketing para realmente fazer a diferença na hora de captar novos condomínios e também fazer uma gestão que faça brilhar os olhos do corpo diretivo e dos condôminos.

Winker: Qual são os maiores problemas enfrentados pelos síndicos hoje?

Julio: Lidar com condôminos cada vez mais exigentes é o grande desafio atual dos síndicos. Com o aumento nos últimos anos das taxas condominiais, esse público passou a querer saber, cada vez mais, como e onde o seu dinheiro está sendo investido no condomínio. E para ajudar, agora com o uso em massa de redes sociais e aplicativos como WhatsApp, o poder de amplificação dessas exigências e críticas potencializa ainda mais a intensidade dessas demandas.
Outro problema considerável continua sendo a inadimplência. O novo Código de Processo Civil veio para ajudar e está sendo positivo, mas ainda é uma dor de cabeça ter que lidar com o volume considerável de inadimplentes que a atual crise gerou.

Winker: Qual é o papel desempenhado pela tecnologia na gestão e superação desses problemas?

Julio: A tecnologia é essencial para qualquer síndico e administradora de condomínio, seja nas questões administrativas, operacionais ou de comunicação. Ainda vejo administradoras, por exemplo, sem uma prestação de contas on-line com um mínimo de qualidade aceitável. Isso é muito crítico e, se não se mexerem, é questão de tempo para fecharem as portas. O síndico também não pode abrir mão da tecnologia. Sem um portal ou um software para condomínio, dificilmente ele conseguirá dar conta da atual exigência dos condôminos que mencionei acima, e sua gestão será extremamente desgastante.

Winker: Como você vê o crescimento do protagonismo do morador e o que sua plataforma tem a oferecer a esse público?

Julio: Vejo esse crescimento acontecendo, principalmente, em condomínios que não entenderam essa mudança. Nos condomínios onde há uma gestão moderna e tecnológica, a partir do momento que o morador passa a sentir segurança e transparência na gestão, essa crescente exigência e intervenção por parte do condômino tende a diminuir naturalmente. Há sim a presença de um morador mais atuante, mas isso ocorre de uma forma positiva e muito menos intensa e agressiva, permitindo ao síndico exercer seu papel de líder e, ele sim protagonista, com harmonia e naturalidade.

Aqui no SíndicoNet trabalhamos para isso. Nossa missão é prover recursos, conteúdo, capacitação e ferramentas facilitadoras para a vida do síndico e administrador de condomínios, através de todo conteúdo informativo que nossa equipe de jornalismo desenvolve, do nosso sistema de Cotações on-line, que permite mais agilidade e transparência nas cotações e compras de produtos e serviços, dos nossos Cursos EAD de capacitação, Eventos, Banco de empregos, entre outros recursos.

Gostou de nossa matéria? Que tal compartilhá-la nas redes sociais e nos ajudar a divulgar esse conhecimento?

Agora, se você ficou com alguma dúvida, não seja tímido. Deixe um comentário neste post que faremos o possível para ajudá-lo 😉

    2 Comentários

  • Raquel Madeira 19 de setembro de 2018
    Reply

    Incontestável a maior propensão a vida em condomínio, atualmente, bem como o despreparo do cidadão para essa lida. Importante ter maiores informações sobre Síndico Net, os cursos que oferece, estreitar essa relação. Grande a dificuldade na lida com a internet, mas contando hoje com uma auxiliar, gostaria de saber como começar tal proximidade.

  • Winker 4 de outubro de 2018
    Reply

    Olá Raquel!
    Concordamos contigo, por isso fizemos este post. 🙂
    A idéia foi justamente compilar de forma breve as principais informações para quem está começando a conhecer, ou ainda não conhecia, o SíndicoNet.
    A Winker fornece uma plataforma para gestão de condomínios e entende, justamente por isso, a importância de busca por maior formação, conhecimento e conteúdo nesse campo — áreas nas quais o portal SíndicoNet é referência!
    Se quiser saber ainda mais, uma boa dica é acessar o portal diariamente e ir conhecendo e se ambientando com as seções aos poucos. Para dúvidas mais pontuais e estreitamente de laços, como sugeres, pode-se entrar em contato diretamente em https://www.sindiconet.com.br/portalsindiconet/contato.

    Esperamos ter ajudado!
    Precisando, conta com a gente Raquel! 😉

  • Deixe um comentário

Top